Imagens divulgadas sugerem luta corporal. Acusado está preso

Médicos decidiram por manter Acsa no HREC até quadro ser estabilizado para depois transferí-la a Recife. Acusado está preso

A vítima de tentativa de feminicídio em Tabira, Acsa Naara, 32 anos, atingida por golpes de faca desferidos por Adjailton Alves, seu marido, esta manhã tem uma lesão importante em um dos olhos e deve ser transferida para Recife tão logo seja estabilizada a lesão mais grave, na jugular, motivo pela qual foi cirurgiada hoje.

Os médicos avaliaram que um dos golpes que a atingiram lesionou a região do supercílio e consequentemente o olho. É possível que o local tenha sido atingido na tentativa da vítima de evitar um golpe letal no pescoço. A lesão é avaliada como “preocupante”.

A equipe médica vai aguardar que seja descartada qualquer possibilidade de complicação no quadro da vítima para então focar na segunda lesão. Em suma, a prioridade é preservar a vida de Acsa, depois ver as consequências e tratamento para o olho. Acsa é filha de Alberto Ferreira, irmão Betinho, ex-vereador de Tabira.

Acusado, preso esta manhã em flagrante

O  crime chocou a cidade esta manhã. A motivação seria ciúmes. Há relatos de outros casos de agressão do acusado. O casal tem dois filhos menores.

A Guarda Municipal de Tabira conseguiu capturar o acusado. Ele passou pela chamada Audiência de Custódia e teve sua prisão preventiva decretada.

Nas redes sociais, circula um vídeo feito no momento em que o acusado era preso. Outra imagem divulgada mostra como ficou a casa do casal após a tentativa de feminicídio. Há sangue e móveis revirados, indicando que houve luta corporal.

Ela está neste momento em uma ala isolada da unidade onde deve permanecer em observação até amanhã. O acusado foi autuado em flagrante.

Não dá para mensurar até que ponto a maldade pode chegar…. Na noite desta segunda feira, 14/05, já por volta das 23 h, na Rua Germano Magalhães, nas proximidades da Unimed, um veículo não identificado jogou um bebê recém nascido em via público e tomou destino ignorado. O pior é que outros veículos passaram por cima da criança. A Polícia Militar (Biesp) foi acionada e cercou a área, que logo ficou repleta de curiosos. A polícia deverá investigar o caso e deverá buscar imagens de circuito interno de câmaras de segurança para tentar localizar o autor do crime.

http://robertoeromero.com.br

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Chagas Tenório e Cristiano Teixeira Dantas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, sapatos e atividades ao ar livreNo último sábado dia 12/05 o deputado estadual João Eudes esteve no município de Custódia visitando as suas bases eleitorais, o deputado foi recepcionado pelos vereadores Cristiano Dantas, Didi de Quitimbú, e pelo suplente Valdeir, que juntos acompanham João Eudes há uma visita a zona rural, precisamente ao distrito de Quitimbú. Ainda acompanharam o deputado, o ex-vereador Luciano Lira, ex-secretário de Obras Vianeys, o advogado Dr Júnior Valeriano, e os blogueiros Miguel Silva e Júnior Cavalcanti.

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Cristiano Teixeira Dantas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e barbaLideranças locais estiveram conversando com o deputado, entre elas, Chagas Tenório, liderança forte naquele distrito. O deputado João Eudes conversou também com moradores do distrito, ouviu alguns pleitos, e se prontificou a tentar conseguir ações para Quitimbú e região.

João Eudes ao longo de seu mandato na assembleia de Pernambuco, está de forma incisiva buscando uma solução para o abastecimento de água de Custódia, fez requerimentos ao governador do estado e ao presidente da Compesa o senhor Roberto Tavares.

“Estarei sempre atento as demandas que nos são colocadas pelos queridos moradores de Custódia, sei das dificuldades que atravessa o município no que diz respeito ao abastecimento de água, não medirei esforços, e com muita luta vamos conseguir a tão sonhada adutora que vai amenizar de vez esse problema antigo”. Disse João Eudes.

O deputado João Eudes ainda prestigiou uma animada pega de boi, conversou com vaqueiros e admiradores dessa grande tradição e saiu de lá agradecido pela recepção e carinho de todos que se faziam presentes.

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Cristiano Teixeira Dantas e Erunildes Pereira, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, chapéu, atividades ao ar livre e comida

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sentadas, chapéu e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 8 pessoas, incluindo Cristiano Teixeira Dantas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Jaqueline Freire, pessoas sentadas, pessoas comendo, mesa, multidão, criança e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 5 pessoas, atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 10 pessoas, incluindo Cristiano Teixeira Dantas e Erunildes Pereira, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Erunildes Pereira, pessoas em pé, chapéu e atividades ao ar livre

 

Marília Arraes

                 Marília ArraesFoto: Felipe Ribeiro/Folha de Pernambuco

A decisão do coordenador do Clube dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar, coronel Josué Limeira, de cancelar o aluguel do espaço à vereadora Marília Arraes (PT), que realizaria no local um ato de mobilização pela sua pré-candidatura, no próximo dia 20, gerou reação do PT de Pernambuco. Com uma nota intitulada “Tudo é pretexto para a intolerância”, a legenda manifesta indignação e repúdio a manifestação do coronel.

Leia também:
Aluguel de espaço à Marília é cancelado
Marília Arraes marca ato no Recife em defesa de candidatura própria

Na nota, o PT lembra que o coordenador do clube argumenta que o local não tinha sido informado que o evento também seria um ato de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que está preso na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, desde o dia 7 de abril.

Em nota onde expõe suas razões, Josué Limeira reprovou o fato de o evento também ser um “ato de apoio a Lula”, argumentando que isso prejudicaria a imagem da instituição. Surpresa, Marília classificou a postura do coronel como “antidemocrática”.

Para o partido, seria “inimaginável um ato de petistas que não tivesse também como mote a defesa da libertação do preso político, Lula, fica evidente que a ‘repercussão’ de que menciona a nota tem mais a ver com um pensamento intolerante e obscuro daqueles que não admitem que o povo brasileiro e o povo pernambucano sabem e denunciam a injustiça e arbitrariedade pelas quais passa o maior líder popular da história do Brasil”.

Ainda de acordo com o PT, “interferir nas opiniões democráticas, proferir preconceito e censurar um ato político e democrático é que não é ‘compatível com um Clube militar'”.

Tite, técnico da Seleção Brasileira

                           Tite, técnico da Seleção BrasileiraFoto: Divulgação/CBF

Após centenas de jogadores observados, testes e alguns contratempos, como a perda do lateral Daniel Alves, a Seleção Brasileira está, enfim, definida para a Copa do Mundo da Rússia. A aguardada lista com os 23 nomes eleitos pelo técnico Tite foi anunciada no início da tarde desta segunda-feira (14), na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro. Antes do anúncio oficial, porém, foi feito um agradecimento a todos os atletas que passaram pela Seleção Brasileira nas últimas convocações.

“A gente procurou versatilidade e jogadores que se encaixem dentro do perfil que gostamos de jogar. Gostamos de sair jogando com triangulações curtas, com um meio de campo de criação, construção. E no campo ofensivo, que seja agressivo, tenha velocidade, explosão. É fundamental que se tenha características específicas para encaixar no perfil tático”, disse Tite, sobre os pontos que favoreceram suas escolhas.

Leia também:
Após fracasso, Tite ‘absolve’ remanescentes do 7×1
Atacante Neymar volta contra a Croácia 

Preparação

Os 27 dias da Seleção Brasileira até a Copa do Mundo foram divididos em fases. O primeiro momento será na Granja Comary, “casa” da equipe. O segundo momento da preparação será em Londres, pela importância de adaptar o grupo ao clima e fuso-horário europeu. A equipe chegará a Sochi, na Rússia, sete dias antes da partida de estreia no Mundial, contra a Suíça. Nesse meio tempo, o time fará dois amistosos, contra a Croácia, no dia 3 de junho, e contra a Áustria, no dia 10. “A etapa agora é de preparação. Temos de ir passo a passo”, destacou Tite.

Regulamento

Embora tenha anunciado 23 nomes, a comissão técnica da Seleção Brasileira enviou à Fifa uma lista com 35 pré-inscritos para o Mundial. Como o prazo final para definir os 23 que de fato jogarão a Copa é 4 de junho, algumas seleções preferem reunir um grupo com 35 jogadores e depois realizar os cortes. No caso do Brasil, a opção de praxe é anunciar os 23 que devem realmente ir ao evento e ter os 12 pré-inscritos de suplentes caso haja alguma lesão. Os nomes dessa lista, porém, só podem ser anunciados com consenso da CBF.

Goleiros
Alisson (Roma-ITA)
Ederson (Manchester City-ING)
Cássio (Corinthians/SP)

Laterais
Marcelo (Real Madrid-ESP)
Fagner (Corinthians/SP)
Danilo (Manchester City-ING)
Filipe Luís (Atlético de Madri-ESP)

Zagueiros
Miranda (Inter de Milão-ITA)
Marquinhos (PSG-FRA)
Thiago Silva (PSG-FRA)
Geromel (Grêmio/RS)

Meias
Casemiro (Real Madrid-ESP)
Fernandinho (Manchester City-ING)
Paulinho (Barcelona-ESP)
Renato Augusto (Beijing Guoan-CHI)
Philippe Coutinho (Barcelona-ESP)
Willian (Chelsea-ING)
Fred (Shakhtar Donetsk-UCR)

Atacantes
Neymar (PSG-FRA)
Gabriel Jesus (Manchester City-ING)
Firmino (Liverpool-ING)
Douglas Costa (Juventus-ITA)
Taison (Shakhtar Donetsk-UCR)

Levantamento realizado pelo Tribunal de Contas referente ao último quadrimestre de 2017 constatou que 141 das 184 prefeituras pernambucanas (76%) excederam o limite de 54% da receita corrente líquida, com despesas de pessoal, contrariando à Lei de Responsabilidade Fiscal.

De acordo com o estudo, em 29 municípios (15%) esse tipo de despesa esteve entre o limite alerta e o limite prudencial (faixa entre 48,60% e 54% da receita). Em outros 12 municípios (6%) o percentual de despesas com pessoal se manteve abaixo do índice permitido. Duas cidades não publicaram o seu Relatório de Gestão Fiscal.

O trabalho, realizado pela Coordenadoria de Controle Externo, baseou-se nos dados extraídos dos Relatórios de Gestão Fiscal do terceiro quadrimestre de 2017, disponíveis no Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (SICONFI) do Ministério da Fazenda.

ALERTAS – Com base nesses resultados, o Tribunal de Contas encaminhou ofícios alertando as prefeituras cujas despesas totais com a folha de pagamento de pessoal comprometeram mais de 90% do seu limite. Os alertas são enviados a cada quadrimestre, notificando o prefeito do município quando o percentual da despesa total com pessoal estiver entre 48,6% e 51,3% (limite alerta); entre 51,3% e 54% (limite prudencial) ou exceder o limite de 54%.

A legislação não prevê vedações ou punições ao gestor cujo município estiver no “limite alerta” ou “limite prudencial”. No último caso, apenas impede a prefeitura de realizar novas despesas. Esses gastos incluem a concessão de vantagens, aumento, reajuste ou adequação de remuneração, criação de cargo, emprego ou função, alteração da estrutura de carreira que implique aumento de despesa, provimento de cargo público, admissão ou contratação de pessoal e pagamento de horas extras.

Entretanto, para os casos em que a despesa total com pessoal extrapolar o percentual de 54% previsto na LFR, as vedações vão desde a aplicação de penalidades ao gestor, até a proibição de celebrar convênios com os governos estadual e federal.

Pesquisa realizada pelo instituto MDA para a Confederação Nacional dos Transportes (CNT) mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde  7 de abril em Curitiba, segue liderando a preferência da maioria dos eleitores brasileiros.

Na modalidade estimulada, Lula 32,4%, Jair Bolsonaro 16,7%, Marina Silva 7,6%, Ciro Gomes 5,4%, Geraldo Alckmin 4,0%, Álvaro Dias 2,5%, Fernando Collor 0,9%, Michel Temer 0,9%, Guilherme Boulos 0,5%, Manuela D´Ávila 0,5%, João Amoêdo 0,4%, Flávio Rocha 0,4%, Henrique Meirelles 0,3%, Rodrigo Maia 0,2%, Paulo Rabello de Castro 0,1%, Branco/Nulo 18,0%, Indecisos 8,7%.

Sem Lula, o deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ) manteve a liderança nos .  Em comparação com o levantamento de dois meses atrás, Bolsonaro oscilou para baixo, dentro da margem de erro, e aparece com 18,3%.

Ele é seguido pela ex-senadora Marina Silva (Rede) e pelo ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que registraram, respectivamente, 11,2% e 9,0% das intenções de voto. Quase no limite da margem, de 2,2% para mais ou para menos, aparece o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB). O tucano caiu mais de três pontos em relação ao levantamento de março – eram 8,6%, agora são 5,3%.

A Pesquisa CNT/MDA ouviu 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades Federativas das cinco regiões do país.

O Coordenador Geral de Informatização e Estatística do Departamento Nacional de Trânsito – Denatran, João Eduardo Melo, esteve hoje (14), na sede do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, quando informou que o Conselho Nacional de Trânsito – Contran, deu um prazo de até 1º de dezembro para os Detrans implantarem as placas Padrão Mercosul, que, segundo ele, Pernambuco pode sair na frente, em virtude do Estado já estar preparado, desde o ano passado, para produzir as novas placas.

“Elas são positivas porque dão mais seguranças contra clonagens e, também, um controle maior na produção”, destacou João Eduardo. Ainda de acordo com ele, a segurança se dá porque os fabricantes precisam ser credenciados pelo Denatran e terão um chip fornecido pela Casa da Moeda do Brasil e vai interligar os Detrans ao sistema de dados do Denatran, que é responsável por liberar a nova combinação alfanumérica das placas. Atualmente, a placa de um veículo tem três letras e quatro números.

As novas placas terão três letras, um número, depois mais uma letra e mais dois números. Essa é apenas uma das mudanças previstas pelo projeto, que inclui ainda troca de cor, colocação de faixa holográfica, chip de segurança, emblema do Mercosul, entre outras.

Já o Diretor Presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, falou sobre o valor da nova placa a ser praticado em Pernambuco. Ele explicou que o valor irá diminuir em relação ao da atual. “Com o novo sistema, já que não tem mais a tarjeta e a questão da película reflexiva, a placa vai custar, no máximo, no mercado, cerca de R$ 70,00. Hoje, o valor da placa atual chega a R$ 140,00. A população não precisa se preocupar. Primeiramente, o processo ocorrerá nos veículos zero”.

De acordo com o Contran, as novas placas devem ter fundo branco com margem superior azul, contendo no lado esquerdo o logotipo do Mercosul e do lado direito a bandeira do Brasil. Ela contará com sete caracteres alfanuméricos, controlados e fornecidos pelo Departamento Nacional de Trânsito – Denatran, com o último caractere obrigatoriamente numeral.

Também há a exigência de que as placas tenham QR Code, que contenham números de série e acesso às informações do banco de dados do fabricante da placa. O objetivo da implantação de QR Code é o controle da produção, logística, estampagem e instalação das placas, além da verificação de autenticidade.

Em Pernambuco, mais de 120 fábricas de placas já estão autorizadas a produzir seguindo o novo padrão. Segundo João Eduardo Melo, coordenador geral de informatização e estatística do Denatran, a nova placa vai reforçar o controle sobre os fabricantes.

Comércio espera que a Copa resulte na venda de 12,5 milhões de aparelhos de tv em todo o país, total 10% superior ao de 2017

Comércio espera que a Copa resulte na venda de 12,5 milhões de aparelhos de tv em todo o país, total 10% superior ao de 2017Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A exatos 30 dias da abertura da Copa de 2018 – e no dia em que a Seleção Brasileira será convocada para o maior evento esportivo do planeta – poucos efeitos têm sido notados na economia por conta do Mundial, a ser realizado a partir de 14 de junho, na Rússia.

Nem mesmo o setor de eletroeletrônicos, que historicamente é o mais beneficiado no período, tem demonstrado otimismo com as vendas. Especialistas entrevistados pela Agência Brasil apontam que, em função da crise, há indicações de que o setor informal venha a ser o mais beneficiado pela Copa deste ano.

De acordo com a Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros), a expectativa é que a Copa resulte na venda de 12,5 milhões de aparelhos de tv em 2018. Apesar de o volume ser 10% superior ao de 2017, a tendência é de que, no primeiro semestre de 2018, ele fique abaixo do anotado no mesmo período em 2014, quando da última Copa, realizada no Brasil, e vencida pela Alemanha.

Leia também:
Copa do Mundo: conheça os segredos de mais três cidades-sede 
Bancos podem ter horário especial em dia de jogo do Brasil na Copa

“Na comparação com o primeiro semestre de 2014, quando foram vendidas 7,935 milhões de TVs, o volume estimado para 2018 é 14% menor”, disse o presidente da Eletros, Lourival Kiçula, ao afirmar que a indústria se preparou “com bastante antecedência” para esta Copa, no sentido de suprir as demandas vindas dos varejistas e de garantir a reposição de estoques.

Segundo ele, a Copa do Mundo representa uma “inversão de sazonalidade”, uma vez que traz, para o primeiro semestre do ano, as vendas de aparelhos eletrônicos que normalmente ocorrem com maior intensidade no segundo semestre.

“O mercado de televisores muda de patamar a cada quatro anos. Os televisores ganham mais evidência, uma vez que todos os brasileiros, apaixonados por futebol, querem acompanhar os lances de perto com a máxima qualidade de imagem”, disse.

A venda de televisores pode acarretar em um efeito dominó positivo para outros setores. É o caso da TV por assinatura. “A exemplo das Olimpíadas, a Copa ajuda a aumentar a demanda no nosso setor. As pessoas se preparam para a Copa. Elas trocam de televisor, e isso também é algo que as motiva a adquirir canais por assinatura. Uma coisa puxa a outra”, disse o diretor de Produtos de TV por Assinatura da NET, Alessandro Maluf.

Citando levantamentos feitos pela Agência Nacional de Telecomunicações, a Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA) diz que o setor como um todo registra queda de assinaturas há dois anos, mas que a tendência é de estagnação, já que entre março e abril a redução do número de assinaturas ficou menor, em apenas 900 assinaturas.

“Nosso setor sofre fortemente os impactos da economia, e sentimos uma certa retração no mercado ao longo dos últimos anos. A Copa, no entanto, representa um estímulo para a TV por assinatura. Temos identificado um aumento de demanda e de pessoas interessadas nos canais esportivos”, disse o diretor da NET.

“Em geral nosso carro-chefe são os canais de filmes, os infantis, seguidos dos canais de esportes e de séries. No entanto, em ano de Copa, isso muda, e o carro-chefe fica com os canais de esportes”, afirmou.

Com base na apuração feita com suas associadas, a Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV) indica que até o momento as vendas estão dentro da normalidade para o período, e que, em geral, elas se intensificam a partir deste mês. Os destinos nacionais despontam com 65% da procura, ante 35% do internacional.

A realização da Copa do Mundo no período é apontada como possível fator a pesar na menor procura por viagens mais distantes ou de longa duração em julho. Entre os destinos nacionais, os mais procurados para julho têm sido Maceió (AL) e Porto de Galinhas (PE).

O aumento do dólar nas últimas semanas também têm resultado na queda da procura por destinos internacionais. Neste caso, os destinos mais procurados são Santiago, no Chile, e Cancún, no México.

Marília Arraes (PT)

Marília Arraes (PT)Foto: Julya Caminha/Folha de Pernambuco

Clube dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar de Pernambuco decidiu cancelar o aluguel do seu espaço à vereadora do Recife Marília Arraes (PT), que realizaria no local – no próximo dia 20 – um ato de mobilização pela sua pré-candidatura ao Governo do Estado pelo Partido dos Trabalhadores. Em nota onde expõe suas razões, o coronel Josué Limeira, que coordena o clube, reprovou o fato de o evento também ser um “ato de apoio a Lula”, argumentando que isso prejudicaria a imagem da instituição. Surpresa, Marília classificou a postura do coronel como “antidemocrática”. O ato no dia 20 está mantido, mas o novo local ainda será divulgado.

Leia também:
Marília Arraes marca ato no Recife em defesa de candidatura própria
Em Brasília, Marília Arraes recebe apoio de bancada petista

O coronel Josué Limeira fez ressalvas de que o espaço do Clube dos Oficiais tem sido usado para eventos de natureza política. Limeira, inclusive, lembrou que entre os pré-candidatos ao governo está o coronel aposentado da PM, Luiz Meira (PRP), “a quem entendo ser importante o apoio do Clube, fato inédito em nossa história e que nos fortalece como instituição”. “Não vi mal algum na realização do evento de Marília Arraes, enquanto lançamento da candidatura”, explicou.

Limeira reprova ato de apoio a LulaLimeira reprova ato de apoio a Lula – Crédito: Divulgação

O que incomodou o militar, conforme a nota, foi a menção ao ex-presidente Lula, que encontra-se preso, condenado a 12 anos e um mês no caso do tríplex do Guarujá (SP). “Em nenhum momento, nos foi informado que o evento também seria um ato de apoio a Lula, criminoso condenado em todas as instâncias. Não é compatível com um Clube militar permitir eventos desse tipo em suas instalações”, avaliou. Além disso, Limeira afirma ter consultado a Procuradoria Regional Eleitoral, a qual teria dito que não é permitido fazer lançamento de campanha no período atual.

Em sua nota, Marília Arraes criticou “o cancelamento, de forma unilateral, do contrato de locação celebrado entre a entidade e os organizadores do ato”. Ela reforçou que essa mobilização também defenderia a liberdade de Lula.”É impossível dissociar o nosso nome da luta em defesa de nosso eterno presidente”, pontuou. Desmentindo a mensagem da presidência do clube, a vereadora frisou que não era um ato de lançamento e, sim, um evento de caráter interno para os filiados do PT que apoiam a sua pré-candidatura.

O veto à realização do evento de Marília Arraes ocorreu justamente durante as discussões do PT sobre ter uma candidatura própria ou apoiar a reeleição do governador Paulo Câmara (PSB). Nos bastidores, fala-se em certa apreensão dos socialistas em ter a vereadora petista como adversária na corrida pelo governo do Estado, uma vez que sua condição familiar lhe garante um apelo que, antes, seria exclusivo do PSB.

Início de operações seria amanhã, diz 15

A população do Pajeú, ávida pelo início das operações da rota entre serra Talhada e Recife pela operadora Azul vai ter que esperar um pouco mais. Coincidência ou não, o início das operações agora tem previsão de início no mês de setembro, às vésperas das eleições no Estado.

O Deputado Federal Sebastião Oliveira disse à imprensa serra-talhadense que novas exigências da ANAC e pela Azul Linhas Aéreas impedem que as operações sejam iniciadas antes disso. Dentre as exigências, uma cerca par evitar entrada de animais na pista, construção de uma pista de segurança, além de uma estação meteorológica.   “Antes de setembro não tem vôo”, disse o Secretário Sebastião Oliveira. A estação meteorológica será doada pela Infraero.

Data bem diferente do 15 de maio, esta terça, prometida pelo gerente de convênios da Setra (Secretaria Estadual de Transportes), Allan Pereira Sá em 24 de março. Em, janeiro, a informação era de que o Aeroporto já atendia às exigências técnicas, com  a visita de Gilberto Neumann, técnico da Hobeco Sudamericana, empresa contratada pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), ligado ao Comando da Aeronáutica. O especialista verificou as condições físicas do aeroporto.

Em 21 de dezembro, foi testada e aprovada a nova iluminação do Aeroporto. No mesmo mês, a Azul Linhas Aéreas confirmou que iria operar quatro vôos na semana na rota Serra Talhada-Recife a partir do primeiro semestre.

Acusado e vítima em registro que circula pela internet

Acsa Naara, 32 anos, foi esfaqueada pelo marido, que foi preso.

Passou por cirurgia esta manhã no Hospital Regional Emília Câmara  Acsa Naara, 32 anos, vítima de tentativa de feminicídio esta manhã na cidade de Tabira. Ele foi atingida por golpes de faca no pescoço e testa desferidos por Edjailton Alves, natural de Petrolina, motorista da empresa do sogro, Alberto Ferreira, irmão Betinho, ex-vereador de Tabira.

O  crime chocou a cidade de Tabira esta manhã. A motivação seria ciúmes. Há relatos de outros casos de agressão do acusado. O casal tem dois filhos. A Guarda Municipal de Tabira conseguiu capturar o acusado.

Nas redes sociais, circula um vídeo feito no momento em que o acusado era preso. Ele diz aos guardas que não fugiu porque não quis e chega a chamar um dos profissionais de “babaca”. Depois, o pai da vítima, o Irmão Betinho chega. Edjailton grita para que a mulher seja socorrida e o pai grita com ele: “você furou minha filha, seu amaldiçoado”. Muitos registram o sangue frio do pai diante do algoz da filha.

Segundo o repórter Celso Brandão, falando ao programa Manhã Total, da Rádio Pajeú, uma equipe com quatro médicos realizou um procedimento cirúrgico para conter hemorragia provocada pelo corte. Por sorte, a facada não atingiu nenhum vazo maior ou artéria e ela não corre risco de morte. Ela está neste momento em uma ala isolada da unidade onde deve permanecer em observação até amanhã. Também não haverá necessidade de transferência para Recife. O acusado foi autuado em flagrante.

Nill Júnior

Especialista em Direito Eleitoral, a advogada Diana Câmara explica que os valores só podem ser usados após o início da campanha

Com a impossibilidade do financiamento privado nas campanhas eleitorais, uma nova forma de arrecadação deve ganhar espaço no pleito de 2018: o crowdfunding. Mais conhecido como vaquinha virtual, esta modalidade de arrecadação já está em uso no País, mas não para o uso eleitoral. A forma de arrecadação coletiva normalmente é usada para angariar recursos por pessoas que precisam de tratamentos de saúde. A partir do próximo dia 15, já poderá ser usadas por pré-candidatos.

 Para arrecadar recursos para a campanha, o postulante, deve seguir alguns passos para viabilizar o início da arrecadação. Os pré-candidatos e os partidos políticos interessados em arrecadar recursos através do financiamento coletivo deverão contratar empresa privada especializada em técnicas e serviços de financiamento coletivo por meio de sítios na internet, aplicativos eletrônicos e outros recursos similares, para a manutenção de plataforma virtual de arrecadação de recursos para as campanhas eleitorais. A instituição arrecadadora deve ser, obrigatoriamente, pessoa jurídica, cadastrada previamente junto à Justiça Eleitoral e seguir as regras estabelecidas pela legislação.

Advogada especializada em Direito Eleitoral, Diana Câmara explica que a arrecadação pode acontecer até o dia da eleição. No entanto, o uso dos recursos só acontece após o início da campanha. “Os valores arrecadados previamente ao início do período de campanha eleitoral ficarão retidos e só serão disponibilizados para o candidato após o requerimento do registro de candidatura, a inscrição no CNPJ e a abertura de conta bancária específica para registro da movimentação financeira de campanha”, explica Diana.

Sobre valores, a advogada esclarece que para as doações via crowndfunding, só são permitidas doações de até R$ 1.064,10. Valores iguais ou superiores a este só poderão ser realizados mediante transferência eletrônica entre as contas bancárias do doador e do beneficiário da doação, sem a intermediação de terceiros. O que pode acontecer já no período da pré-campanha. Essa regra deve ser observada, inclusive, na hipótese de doações sucessivas realizadas por um mesmo doador em um mesmo dia.

A advogada ainda explica que, caso o pré-candidato desista de concorrer, ele deve devolver o que foi arrecadado. “Caso não ocorra o registro de candidatura ou haja a desistência do candidato, os valores recebidos devem ser devolvidos aos respectivos doadores”, informa.

Vale destacar que para as campanhas eleitorais são proibidos recursos de pessoas jurídicas, de origem estrangeira ou de pessoa física que exerça atividade comercial decorrente de permissão pública.

Maconha estava embalada em pacotes na residência do suspeito

Maconha estava embalada em pacotes na residência do suspeitoFoto: Divulgação/Polícia Militar de Pernambuco

Um homem foi preso em flagrante na tarde deste domingo (13) em Poção, no Agreste de Pernambuco, por suspeita de tráfico de drogas. Com ele, foram encontrados 10,8 quilos de maconha. Os policiais prenderam o homem após a ex-companheira denunciar descumprimento de medida protetiva. Aos policiais, ele admitiu ter sido preso por latrocínio, mas negou ter conhecimento da ordem de ficar longe da ex-esposa.

O efetivo se dirigiu à sua residência, no Sítio Açaí, localidade da zona rural de Poção, e encontrou o entorpecente embalado em 14 pacotes. Uma balança de precisão e cinco rolos de empacotamento também estavam no local. Todo o material foi apreendido pelos policiais da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM).

O suspeito então recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Belo Jardim, também no Agreste, onde foi autuado em flagrante.

          Quatro meses de atraso e uma ação judicial de despejo que não anda há cinco meses levou o proprietário do imóvel aonde funciona a Delegacia de Polícia de Buíque, o empresário Roberval Ramos, a protestar novamente com a colocação de uma faixa em frente ao Fórum Dr. João Roma, no centro da cidade.

Na faixa os dizeres “Delegacia de Buíque. Alugueis atrasados, contrato vencido, mandado de despejo (ação 08-2016), Governo e Justiça não resolvem e agora recorrer a quem”?, demonstra todo a apreensão do proprietário que vem levando um calote de R$ 11.600,00 do Governo de Pernambuco, comandado pelo socialista Paulo Câmara (PSB) e sendo ignorado pela Justiça, por isso o protesto em frente ao Fórum de Buíque.

Não é a primeira vez que o fato acontece. Em 2016 ele afixou uma faixa cobrando o pagamento do Estado em frente a própria delegacia e diante disso entrou com ação de despejo para ter a propriedade de volta. Segundo Roberval, o processo nº 0030652-07.2016.8.17.2001 se arrasta há cinco meses na 8ª Vara da Fazenda Pública da Capital. A última movimentação do processo foi em 11 de outubro do ano passado na situação de concluso para julgamento, o que ainda não ocorreu.

Roberval Ramos lamenta que sua propriedade fique ocupada indevidamente enquanto o Governo do Estado tem duas casas no município precisando apenas de uma reforma para abrigar não apenas a delegacia de polícia, como outro órgão qualquer. De acordo com ele, o Governo do Estado alega que está aguardando a prefeitura para fazer a reformam que alega não ter recursos para isso.

Enquanto não consegue receber os quatro meses atrasados e nem tem uma definição da justiça para ter sua propriedade de volta, a Delegacia de Polícia de Buíque segue funcionando na Rua Odilon de Azevedo, nº 28, no centro da cidade.

Para Roberval é lamentável que o estado e a justiça simplesmente ignorem sua situação e não deem uma solução definitiva lhe devolvendo o imóvel que lhe é de direito. “Eu só quero recuperar meu imóvel e receber o que o governo me deve”, finaliza Roberval Ramos.