Monthly Archives: julho 2018

Raquel Dodge

                                   Raquel Dodge Foto: Divulgação

procuradora-geral da RepúblicaRaquel Dodge, afirmou nesta sexta-feira (27) que o Ministério Público irá ajuizar ações judiciais de impugnação contra todos os candidatos cuja candidatura esteja vetada pela Lei da Ficha Limpa, incluindo os condenados por órgão colegiado. Ela manteve reunião com todos os procuradores regionais eleitorais.

“Assinei uma instrução normativa no âmbito da [minha] atribuição eleitoral que visa instruir os procuradores regionais eleitorais sobre uma questão que é importante. […] Orienta que todos os promotores e procuradores ajuízem ação de impugnação ao registro, com base na lei complementar 64, [como na] existência de condenação transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado.”

Leia também:
Raquel Dodge defende fim de imposto sindical obrigatório em ação no STF
Raquel Dodge pede explicação sobre foro privilegiado

Dodge concedeu uma entrevista coletiva à imprensa na sede da Procuradoria Geral da República (PGR) nesta sexta-feira (27). Indagada se ela vai mover ação contra a candidatura de Luiz Inácio Lula da SilvaDodge disse que haverá “um tratamento uniforme qualquer que seja o cargo disputado pelo candidato”. “Haverá uma uniformidade nesse tratamento. Não há candidaturas específicas registradas.”

Raynéia Gabrielle Lima, de 31 anos, nascida em Vitória de Santo Antão

Raynéia Gabrielle Lima, de 31 anos, nascida em Vitória de Santo AntãoFoto: Reprodução / Facebook

A polícia da Nicarágua informou nesta sexta-feira ter detido um homem suspeito de ser o autor da morte da estudante brasileira Raynéia Lima, um caso atribuído às forças paramilitares que perseguem manifestantes contrários ao governo, informou uma fonte oficial. “Foi capturado Pierson Gutiérrez Solís, de 42 anos, suposto autor dos disparos que privaram da vida a cidadã Raynéia Gabriela da Costa Lima Rocha“. O suspeito possuía uma “arma de fogo do tipo carabina M”.

Leia também
Mãe de estudante lamenta demora do traslado do corpo

Não podemos admitir morte de brasileira na Nicarágua, diz Temer
Explicações da Nicarágua sobre morte de pernambucana são insuficientes, diz ministro
Amiga diz que Raynéia ajudava a tratar feridos em protestos na Nicarágua 
Pernambuco não abrirá mão do traslado do corpo de Raynéia, garante secretário

As evidências contra o detido “serão remetidas às autoridades competentes”, acrescenta o comunicado, sem revelar as informações que incriminam Solís. Raynéia Lima, 32 anos, foi morta por um tiro que perfurou tórax e abdome. A polícia anunciou a captura após o chanceler brasileiro, Aloysio Nunes, criticar a falta de informação por parte das autoridades da Nicarágua sobre a morte da estudante de medicina.

“As informações entregues até agora são extremamente insuficientes. A informação fornecida pelo governo da Nicarágua é que “o autor do tiroteio” foi um segurança particular, declarou Aloysio Nunes à estatal Agencia Brasil, em Joanesburgo, onde participa de uma cúpula do grupo de potências emergentes BRICS.

“Quem foi? Qual era o calibre da arma? Em que circunstancias ocorreu? Não houve até agora um esclarecimento desse episódio e vamos insistir porque nos parece um assunto absolutamente inaceitável”, enfatizou o diplomata. Lima, que cursava o último ano de medicina, foi baleada quando voltava de carro para sua residência no sudoeste de Manágua, por volta da meia-noite de segunda-feira, disse à AFP o reitor da Universidade Americana (UAM), Ernesto Medina.

Segundo testemunhas, paramilitares dispararam contra seu carro. Ela foi levada por seu namorado para o hospital, mas “as feridas era fatais” e ela faleceu durante a madrugada, segundo o depoimento de Medina. A região onde aconteceu o incidente “é dominada por grupos paramilitares” ligados ao presidente Daniel Ortega, segundo Gonzalo Carrión, diretor jurídico do Centro Nicaraguense de Direitos Humanos (Cenidh).

Os grupos paramilitares agem como força de repressão aos protestos que sacodem o país desde abril para exigir a saída de Ortega, que já deixaram mais de 300 mortos.

Acaba de ser confirmada a morte da cantora afogadense Maria Dapaz. Ela estava internada em São Paulo para tratamento de um câncer de pulmão. A informação foi confirmada pela assessoria da cantora.

Em junho, o estado de saúde da cantora e compositora pernambucana de Afogados da Ingazeira Maria Dapaz a afastou dos palcos por tempo indeterminado.

Em 16 de maio, depois da grande apresentação no Festival da Seresta em Recife, Maria Dapaz, passou mal e ficou internada cinco dias em São Paulo com pneumonia atípica. Teve alta para terminar o tratamento em casa.

Mas o problema detectado foi maior: um tumor no pulmão do lado esquerdo. “Nesse momento, ela está sendo muito bem cuidada, seguindo com exames de praxe no Hospital das Clínicas em São Paulo, com uma excelente equipe médica especializada”, informou a nota. O quadro se complicou e ela acabou falecendo esta tarde.

Maria Dapaz teve  vários discos gravados como “Pássaro Carente”,  “Clareia” e “Da pá virada”. Em 1992, Chitãozinho e Xororó gravaram a composição “Brincar de ser feliz” (Maria da Paz – Nino), que virou tema da novela “Pedra sobre pedra”, da Rede Globo, e foi um grande sucesso. Em 2013 lançou o Cd autoral “Outro Baião”. Dentre os últimos projetos, belas homenagens a Amália Rodrigues.

Maria da Paz Sousa nasceu no dia 25 de março de 1959 em Jaboatão dos Guararapes, tinha 59 anos. Ela cresceu em Afogados da Ingazeira. “Recebi em 2011 o titulo de cidadã afogadense. Me considero Afogadense, a família da minha mãe é de lá”, disse em uma de suas entrevistas. Seu talento para a música começou a ser reconhecido no Cine São José, nos programas de auditório da Rádio Pajeú.

Clique aqui e veja sua última participação no Debate das Dez da Rádio Pajeú. Ela participou em 15 de maio, pouco depois de sua participação do Festival da Seresta.

velório e cremação de Maria Dapaz acontecem neste sábado, dia 28, das 10h as 15h, no Crematório Embu das Artes, que fica na Rua Suécia, 56 (antiga R. Dr. Jorge Balduzzi, nº 520) em Jardim das Oliveiras, Embu das Artes, São Paulo.  Entrada pelo Km 275 da Rodovia Régis Bittencourt.

Conselheiro do TCE, Valdecir Pascoal

                       Conselheiro do TCE, Valdecir Pascoal Foto: Atricon/Divulgação

O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) informou, nesta quarta-feira (25), que é inconstitucional o acréscimo de qualquer gratificação, adicional, abono, prêmio, verba de representação ou de outra espécie à remuneração de secretários municipais e estaduais. A decisão se deu no processo de consulta formulada à instituição pelo prefeito de Tabira, Sebastião Dias Filho.

De acordo com o relator do processo, conselheiro Valdecir Pascoal, os secretários estaduais e municipais devem ser remunerados exclusivamente por subsídios fixados em parcela única, obedecido o disposto na Constituição Federal. Segundo ele, os secretários municipais não podem acumular subsídio com verba de natureza indenizatória, ressalvado indenizações de diárias para viagem ou ajuda de transporte nos casos de deslocamento a serviço do órgão, ambas em virtude da função, bem como ajuda de custo em razão de mudança de sede.

Inaldo Sampaio

Inaldo Sampaio Foto: Colunista

Já disse com propriedade que vice é cargo de composição. O escolhido não precisa, necessariamente, agregar votos ao companheiro de chapa. Se não tirar já o ajuda. Veja-se o caso de Geraldo Alckmin na eleição presidencial. Ele tem o apoio de 7 partidos, mas a escolha do vice lhe tira o sono. Quer um vice de outro estado, que não São Paulo, e preferencialmente de outra região. Mirou inicialmente Josué Gomes, herdeiro do grupo Coteminas e filho do ex-vice-presidente José Alencar, não por causa da fortuna dele e sim por ser de Minas, segundo maior colégio eleitoral do país. Josué, que é filiado ao PR, recusou o convite, obrigando o tucano a procurar outro nome, possivelmente no DEM. Mas quem seria esse candidato? Fala-se em Mendonça Filho, mas ele já está em campanha para senador e provavelmente não aceitaria. Esse também é o drama de Jair Bolsonaro. Convidou primeiramente o senador Magno Malta e a advogada Janaína Paschoal, mas ambos recusaram o convite. E a procura por outro nome continua. Vivem esse mesmo drama em Pernambuco o governador Paulo Câmara e o senador Armando Monteiro, dois dos três principais candidatos à sucessão estadual. Nenhum dos dois ainda tem vice não por falta de interessados, e sim por excesso. O vice natural do governador seria o ex-prefeito do Recife, João Paulo, filiado ao PCdoB, que aparentemente não tem interesse. Mas a deputada Luciana Santos tem, para ceder sua cadeira na Câmara Federal a Renildo Calheiros. Já o vice natural de Armando seria o ex-prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho. Mas ele pertence ao PSDB que não se interessa por essa vaga, e sim pela candidatura de senador.

Vácuo em Surubim
O deputado e ex-chefe da Casa Civil, Nilton Mota (PSB), confirma ter recebido convite de Paulo Câmara para coordenar a campanha da Frente Popular, mas ainda está “avaliando”. Reconhece que o governador “precisa de gente” para ajudá-lo e está disposto a ir para o sacrifício. Se aceitar, haverá “briga de foice” pelos votos de Surubim, sua base eleitoral.

Sem festa > Amanhã, dia 28, completam-se 80 anos do assassinato de Lampião, mas não haverá comemoração em Serra Talhada, sua terra, onde uns o veem como “herói” e outros como “bandido”.

Na dúvida > O empresário Gilson Neto avalia se lança ou não sua candidatura a senador para fazer a campanha de Bolsonaro em Pernambuco, já que o coronel Luiz Meira (PRP), cotado para ser candidato a governador, teria perdido o controle do partido.

De carteirinha > O juiz aposentado Clóvis Corrêa, que foi vereador no Recife pelo PSB, é um dos principais defensores em Pernambuco da candidatura de Bolsonaro. Até propaganda do candidato do PSL ele mandou colocar no portão de entrada de sua fazenda entre Gravatá e Bezerros.

O herdeiro > Há certo “stress” na bancada federal do PSB devido ao fortalecimento da candidatura de João Campos, que deverá ser um dos campeões de voto em Pernambuco. Ele está sendo preparando pelo PSB para, daqui a alguns anos, disputar a cadeira que foi do pai.

O lamento >
 Na bancada estadual da Frente Popular também há queixas por causa da presença de João Campos em alguns municípios. O mais inconformado é Rogério Leão porque o filho de Eduardo Campos será apoiado em sua terra, Belmonte, pelo prefeito Romonilson Mariano, seu opositor político.

Felipe Carreras

                               Felipe CarrerasFoto: Alfeu Tavares

O Ministério Público Eleitoral em Pernambuco propôs quatro novas ações contra pré-candidatos por propaganda eleitoral antecipada em outdoors ou mídias similares no Recife. São alvos das representações o governador Paulo Câmara (PSB), que tentará a reeleição; os deputados federais Daniel Coelho (PPS) e Felipe Carreras (PSB); o deputado estadual Francismar Pontes (PSB); e o vereador Fred Ferreira (PSC). Os processos serão julgados pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE).

De acordo com as normais eleitorais, a propaganda só é permitida a partir de 16 de agosto, dia seguinte ao término do prazo para o registro de candidaturas. O MP Eleitoral lembra que, antes do dia 16 de agosto, a legislação autoriza a menção à pretensa candidatura, a exaltação das qualidades pessoais dos pré-candidatos e a realização de alguns “atos de pré-campanha”, desde que não envolvam pedido explícito de voto. Porém, o Ministério Público entende que essas mensagens não podem ser veiculadas por meio de instrumentos que são vedados por lei no período permitido da propaganda eleitoral, como outdoors.

Câmara, Carreras e Francismar
O caso envolvendo o governador Paulo Câmara e os deputados Felipe Carreras e Francismar Pontes ocorreu na Avenida Norte, próximo à antiga fábrica de tecidos, no bairro da Macaxeira, onde foi colocada uma faixa com a informação de que o bairro de Casa Amarela ganhará mais uma academia da cidade. O anúncio trazia imagem e nome de alguns políticos do estado, incluindo os três citados. Francismar Pontes também teve nome e foto divulgados em uma placa afixada em um imóvel na mesma via, mas no bairro de Casa Amarela, com os dizeres “Feliz Natal e um próspero Ano Novo” e “Somos Casa Amarela de corpo e alma”. Para o MP Eleitoral, a placa e a faixa, pelos seus tamanhos, são equiparáveis a outdoors, cuja utilização é proibida na campanha eleitoral.

No caso de Daniel Coelho, foram contratados dez outdoors, com custo total de R$ 5 mil, que traziam nome e foto do deputado federal e o texto “Relator do projeto que regulamentou e liberou aplicativos de transporte no Brasil”. Fred Ferreira, que deve pleitear uma vaga de deputado estadual, teve nome e imagem divulgados em 15 outdoors, contratados pelo valor total de R$ 7,5 mil. As placas traziam os dizeres “Projeto de Lei 57/2018 – Criação da área de proteção ao ciclista de competição”.

O Ministério Público ressaltou que a divulgação de atos parlamentares é lícita, mas que a exposição de nome e imagem em outdoors, com custo elevado, demonstra que os pré-candidatos tinham o objetivo de fazer propaganda eleitoral. O órgão ainda destacou que só é permitido efetuar despesas de campanha a partir do registro da candidatura. Assim, pretensos candidatos não podem realizar, de forma lícita, gastos com atos de pré-campanha, pois eles fugiriam ao controle estatal.
O Ministério Público pediu a condenação dos pré-candidatos, com aplicação de multa que vai de R$ 5 mil a R$ 25 mil ou o equivalente ao custo da propaganda, se este for maior.

Celular

                            Celular Foto: Divulgação/Agência Brasil

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deve encerrar até o final e agosto a fase de testes em laboratório para o uso da faixa de 3,5 GHz, em aplicações de 5G. A informação é do conselheiro Leonardo de Morais, acrescentando que a intenção da agência reguladora é promover o leilão do 5G em 2019. “Nossa perspectiva é concluir os testes de convivência e interferência até agosto, dentro do objetivo de colocar em leilão até o segundo semestre do ano que vem”, disse Morais nesta quinta-feira (26).

Enquanto o 4G oferece, em média, aproximadamente 45Mbps (megabit por segundo) de transferência de dados para download, a expectativa é que a tecnologia 5G possa atingir velocidade de navegação e download cerca de 10 a 20 vezes mais rápida. De acordo com o conselheiro, os testes serão realizados no centro de referência tecnológica da Claro, localizado na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro.

Morais disse que os contatos com os operadores interessados no 5G, como teles e empresas de tecnologia, têm sido acima das expectativas. “Estamos confiantes de que essa convivência será possível e vamos analisar a necessidade de medidas de mitigação de interferências”, disse.

Leia também
Anatel pretende leiloar faixa extra de 700 MHz no segundo semestre
Após Telefônica desistir de TAC, Anatel diz que aplicará sanções previstas

Um dos problemas para o uso do 5G é que parte da faixa de 3,5 GHz atualmente é utilizada para recepção do sinal de TV aberta via parabólica. Os testes servirão para apontar eventuais possibilidades de interferência. “Não podemos esquecer da questão social, que é a recepção dos sinais da televisão aberta via parabólicas”, alertou o conselheiro.

Uma das medidas para mitigar as interferências poderia ser a substituição de um dos componentes das parabólicas. De acordo com Morais, a estimativa é que o sinal de TV aberta seja recebido por parabólica em cerca de 20 milhões de domicílios. “Esse número precisa ser dimensionado para sabermos efetivamente quantas pessoas podem ser afetadas”.

Presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann

Presidente nacional do PT, senadora Gleisi HoffmannFoto: Moreira Mariz/Agência Senado

Após visitar Lula na superintendência da Polícia Federal em Curitiba, nesta quinta (26), a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, falou sobre as negociações eleitorais com o PSB, inclusive em Pernambuco. De acordo com a petista, as conversas avançam, mas a aliança com os socialistas nos estados ainda está condicionada à formalização do apoio à candidatura do ex-presidente.

“Estamos fechando alguns estados. O PSB adiou convenção para se posicionar. Sou otimista com as conversas que estamos tendo. Se tivermos aliança nacional com o PSB, vamos formalizar a aliança com o PSB de Pernambuco. Temos um projeto nacional. O que muda a vida das pessoas é a política nacional. A nossa prioridade está muito explicita é disputar a eleição presidencial com lula e ganhar.

No encontro com Lula, Gleisi relatou como andam essas tratativas. “Ele tem o maior respeito pelo PSB e PCdoB. Lembrou que tinha orientado neste sentido, para avançar com a frente de esquerda. Está de acordo com o que o partido está fazendo”, relatou.

A petista ainda comentou a desistência de Josué Alencar de disputar a vaga de vice pela chapa presidencial de Geraldo Alckmin (PSDB). “Ele é amigo do Josué, filho de José Alencar. Tem um carinho muito grande. Mas obviamente ele está filiado a um partido que já definiu uma coligação. O partido já se definiu para apoiar o Alckmin. E ele respeita a posição do Josué e ficou feliz com o posicionamento”, colocou.

O  Sesc está com inscrições abertas para o processo de seleção simplificada de Jovem Aprendiz no interior de Pernambuco. São oferecidas, ao todo, 19 vagas, duas delas para pessoas com deficiência, em oito unidades do Agreste e do Sertão, nas cidades de Arcoverde, Araripina, Belo Jardim, Bodocó, Buíque, Pesqueira, Surubim e Triunfo. Os interessados em participar do processo podem se inscrever no sitewww.selecaoaprendiz.sescpe.com.br.

A inscrição é gratuita e limitada aos 30 primeiros candidatos em cada localidade. As duas vagas para pessoas com deficiência são para as unidades de Triunfo e Arcoverde. Estão aptos a participar do processo seletivo jovens e adolescentes de 14 a 24 anos incompletos (a idade máxima não se aplica às pessoas com deficiência); estar cursando, no mínimo, o 7º ano do Ensino Fundamental; e não ter ingressado no ensino superior. O candidato também não pode ter sido Jovem Aprendiz do Sesc anteriormente ou ter concluído curso de Aprendizagem similar.

Além da bolsa, no valor de R$ 448,45, o programa fornece vale-transporte, fardamento e curso de Aprendizagem Profissional Comercial em Serviços Administrativos, coordenado pelo Senac. Durante o programa, que tem duração de um ano, os selecionados vão auxiliar nas atividades administrativas. A jornada é de 20 horas semanais.

A Escola de Contas Públicas Professor Barreto Guimarães (ECPBG) do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) promove o curso gratuito Auditoria em Folha de Pagamento em Arcoverde. O curso acontecerá nos dias 6 e 7 de agosto, das 8h às 18h, na Inspetoria Regional do TCE.

Com o objetivo de capacitar os servidores públicos na atividade de auditoria de folha de pagamento, visando o aperfeiçoamento da realização dos trabalhos de controle, o professor Araken Ypiranga, analista de controle externo do TCE, abordará temas como fiscalização e controle, tipos de auditoria, roteiro para realização de auditorias de pessoal, pontos de controle, SAGRES – Módulo de Pessoal e a Resolução TC nº 26/2016.

Os cursos também serão oferecidos nos municípios de Recife, Garanhuns, Petrolina e Surubim, como parte do programa de interiorização da Escola. “Essa é mais uma etapa do nosso compromisso em levar conhecimento aos gestores municipais de todo o estado”, ressaltou o conselheiro diretor da ECPBG, Ranilson Ramos.

Para realizar a inscrição e conhecer as regras de participação clique aqui. Mais informações entre em contato pelo (81) 3181.7955 e ead@tce.pe.gov.br.

Fulô de Mandacaru, Geraldinho Lins, Saia Rodada, Boy Vaqueiro e Zeca Bota Bom dentre as atrações

Uma das festas mais charmosas do Sertão, com aquela cara de festa de interior, a Festa de Agosto em Jabitacá, teve sua programação anunciada pelo prefeito Zeinha Torres no programa institucional da Prefeitura, nas rádios Pajeú e Cidade FM.

O prefeito disse que cumpriria a promessa de divulgar as atrações com antecedência para favorecer os visitantes que vem de fora e aguardam a programação. “Temos que fazer a festa que é muito importante mas também manter os outros compromissos”. O local já começa a ser preparado para o evento.

Dia 6, segunda, haverá a abertura com Farra do Barão, Zeca Bota Bom e Elson Vaqueiro. Na terça, dia 7,  César Amaral. Dia 8, quarta, a atração é  Galego do Pajeú.

Dia 9, quinta, Cleitinho e Forró do Vagabundo se apresentam. Na sexta, dia 10, as atrações serão Pinga Fogo e Clássicos do Forró.

Dia 11, sábado, Forró Blecaute e Fulô de Mandacaru. Dia 12, domingo, Geraldinho Lins. Na segunda, dia 13, Ricardo França. A programação termina na terça, dia 14, com Boy Vaqueiro e Saia Rodada.

Haverá ainda mostra de cinema, encontro de Motociclistas, Luciano Lima nas barracas e pagode no domingo, movimentando o Distrito.

Festa religiosa: claro, todas as noites há missa com a coordenação do padre Rogério Veríssimo e um concelebrante.

A programação vai até o dia 14 de agosto, quando haverá celebração de encerramento às 19h em honra a Nossa Senhora dos Remédios. A festa religiosa tem separação institucional da festa profana.

A festa é única ainda remete àquela tradição de festas religiosas bem interioranas. A começar pela bela e histórica capela, datada de 1867.

São 115 anos de tradição e algumas curiosidades: Nossa Senhora dos Remédios não é a padroeira do Distrito, e sim a Imaculada Conceição. Mas a chegada da pequena imagem à família Perazzo pelos anos de 1900 acabou gerando ano a ano uma peregrinação de fiéis para a festa religiosa.

A pavimentação da PE-425, no trecho de 43,4 quilômetros, que liga Carnaubeira da Penha a Floresta tem no momento,  concluídos mais de 50% do total dos serviços.

Essa intervenção está recebendo do Governo de Pernambuco investimento de R$ 31,8 milhões e a previsão é concluir os trabalhos no primeiro semestre de 2019.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Transportes, segue realizando atualmente os trabalhos de terraplenagem, construção dos dispositivos de drenagem, imprimação e aplicação da camada de asfalto. Nesses trechos, o tráfego está seguindo pelos desvios ao lado, sem transtornos para os motoristas e usuários.

Dos 43,4 quilômetros contemplados nessa iniciativa, 17 estão pavimentados, sendo 13 km saindo da cidade de Carnaubeira da Penha e os outros 4 km partindo de Floresta.

Posteriormente, nesses segmentos serão implantadas as sinalizações horizontal e vertical posteriormente, mas o tráfego está liberado e flui normalmente.

No trecho restante da via, onde os serviços estão sendo executados, será construída uma ponte, que substituirá uma passagem molhada nas proximidades da comunidade do Jaburú.

“A nova PE-425 é uma importante via que liga as regiões sertanejas do Itaparica a Central, encurtando a viagem para os estados vizinhos e demais regiões pernambucanas”, ressaltou o diretor-Presidente do DER, Silvano Carvalho.

Apesar de estar preso há mais de 100 dias na sede da Polícia Federal, em Curitiba, o ex-presidente Lula seria eleito no primeiro turno, caso as eleições fossem hoje, segundo nova rodada de pesquisa CUT/Vox Populi, realizada entre os dias 18 e 20 de julho. Nas simulações de segundo turno, Lula também derrotaria qualquer adversário por ampla margem de votos.

Pesquisa estimulada

No cenário estimulado, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados, as intenções de voto em Lula aumentaram para 41% contra 39% registrado em maio. Já a soma de todos os outros adversários alcançou 29%, segundo o levantamento, divulgado hoje.

No segundo lugar, com praticamente um terço das intenções de votos de Lula, está o deputado Jair Bolsonaro (PSL), que se manteve com 12%; seguido por Ciro Gomes (PDT), que alcançou 5%. Marina Silva (Rede) caiu de 6% para 4%, empatando com Geraldo Alckmin (PSDB), que também registrou apenas 4%.

Manuela D’Ávila (PCdoB) e Álvaro Dias (Podemos) têm cada um 1% das intenções de votos. Os entrevistados que disseram que irão votar em outros candidatos são 2%. O percentual dos que não vão votar em ninguém, brancos e nulos totalizou 18% e não sabem ou não responderam, 12%.

Cenário espontâneo

Na pesquisa espontânea, Lula também está bem na frente dos demais candidatos. O ex-presidente passou de 34% para 37% das intenções de votos. Bolsonaro se manteve em segundo lugar, com 10%; Ciro tem 3%; Alckmin caiu de 3% para 2% e segue empatado com Marina Silva (2%) e com o ex-presidente FHC, citado por 2% dos entrevistados.

Joaquim Barbosa, Sergio Moro, Aécio Neves, Eduardo Jorge e Álvaro Dias aparecem com 1% das intenções de voto cada. Os que disseram que vão votar em outros candidatos alcançaram 3%. Ninguém, brancos e nulos 18% e não sabem ou não responderam 18%.

Segundo turno

O ex-presidente Lula tem 50% das intenções de votos contra 16% de Bolsonaro (em maio Lula tinha 47% e Bolsonaro 16%).

Lula também ganharia com folga da candidata da rede com 50% dos votos contra 12% de Marina (em maio o placar era de 45% contra 14%).

Contra Ciro, o resultado é semelhante. Lula tem 50% das intenções de voto e o candidato do PDT apenas 11%.

Já quando o adversário é Alckmin, o ex-presidente Lula passa dos 50% para 52% das intenções de votos contra apenas 10% do candidato tucano (em maio, Lula tinha 47% contra 11% de Alckmin).

A pesquisa CUT/Vox Populi foi realizada com brasileiros de mais de 16 anos, residentes em áreas urbanas e rurais, de todos os estados e do Distrito Federal, em capitais, regiões metropolitanas e no interior, de todos os estratos socioeconômicos.

Foram ouvidas 2.000 pessoas, em entrevistas feitas em 121 municípios. Estratificação por cotas de sexo, idade, escolaridade e renda. A margem de erro é de 2,2 %, estimada em um intervalo de confiança de 95%.

De Pernambuco são 531 nomes. Veja lista de políticos de cidades sertanejas:

A Lista disponibilizada pelo TCU com as informações acerca das pessoas físicas, com contas julgadas irregulares por decisão transitada em julgado, nos últimos 8 anos que antecedem a eleição foi disponibilizada para a Justiça Eleitoral.

Cabe ao TCU informar à Justiça Eleitoral quais gestores públicos tiveram as contas rejeitadas por irregularidade insanável. Fica a Jus­tiça Eleitoral, com base em critérios definidos em lei, responsável por declarar a inelegibilidade de tais pessoas, nos casos em que entender cabível.

A Lista apresenta informações sobre o processo no qual ocorreu o julgamento pela irregularidade, com links para o espelho do processo, para as deliberações e a ficha individual do titular do CPF no TCU. Essa ficha contém registros relativos ao processo que motivou a inclusão na Lista e permite relacionar os processos de controle externo em que a pessoa pesquisada figure como responsável ou interessado, excetuados os processos sigilosos.

A Lista é atualizada diariamente e permite pesquisar por nome, CPF ou ainda por unidade da federação/município.

O responsável que estiver nessa Lista não poderá emitir Certidão negativa de contas julgadas irregulares para fins eleitorais.

Não fazem parte dessa lista os responsáveis com contas julgadas irregulares falecidos, os que não tenham sido notificados do teor dos acórdãos condenatórios, aqueles cuja decisão pela irregularidade tenha sido tornada insubsistente por decisão do TCU ou pelo Poder Judiciário e os que dependam de recurso com efeito suspensivo ainda não apreciado pelo Tribunal.

Na lista de Pernambuco, que você vê nesse link, alguns prefeitos e ex-prefeitos da região:

Antonio Valadares de Souza Filho – Totonho Valadares – ex-prefeito de Afogados da Ingazeira. É citado em dois processos.

Arnaldo Pedro da Silva – Arnaldo da Linha, ex-prefeito de Flores, citado em dois processos;

Carlos Evandro Pereira de Menezes – Carlos Evandro, ex-prefeito de Serra Talhada, citado em um processo;

Cícero Simões de Lima – ex-prefeito de Calumbi, citado em um processo;

Diomesio Alves de Oliveira – Diomesio Alves, ex-prefeito de Solidão, citado em um processo;

Cleide Maria de Souza Oliveira – ex-prefeito de Pesqueira, citada em um processo;

Emanuel Bringel – Araripina;

Evandro Perazzo Valadares – Evandro Valadares – prefeito de São José do Egito, citado em um processo;

Gilmar Queiroz – ex-prefeito de Flores, citado em quatro processos;

José Hermano Alves de Lima – Dr Maninho, ex-prefeito de Triunfo, citado em um processo;

Marconi Martins Santana – Marconi Santana, prefeito de Flores, citado em um processo;

Nemias Gonçalves de Lima – Nemias Gonçalves, ex-prefeito de Custódia, citado em um processo;

Teógenes Lustosa de Araújo – Teógenes Lustosa, ex-prefeito de Santa Terezinha, citado em um processo;

Vitalino Patriota Neto – Vitalino Patriota, ex-prefeito de Tuparetama, citado em um processo.

Urna eleitoral

                        Urna eleitoral Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Chega a 7.431 o número de gestores públicos consideradosinelegíveis pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e que, este ano, estão com suas candidaturas comprometidas. A lista elaborada pela corte tem os políticos e administradores públicos cujas contas foram julgadas irregulares e que, pelos critérios da Lei da Ficha Limpa e das normas que a antecederam, não estão aptos a disputar cargos eletivos.

documento com os nomes será entregue pelo presidente do TCU, ministro Raimundo Carreiro, ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, nesta quinta (26). Com base na relação, que tem caráter informativo, a Justiça Eleitoral decide se autoriza candidaturas.

Leia também:
Projeto vai monitorar debate nas redes sociais durante as eleições
TSE vai fiscalizar uso de dinheiro vivo nas eleições

A quantidade de barrados em potencial é maior que a das últimas duas eleições. Em 2016, foram 7.315 e, em 2014, 6.819. A lista será atualizada diariamente, até a data do pleito, pelo TCU.

O Maranhão tem o maior número de implicados (659), seguido de Rio de Janeiro (614), São Paulo (564), Bahia (483) e Minas (480).

Este ano, o TCU criou novas ferramentas para a divulgação dos gestores considerados inelegíveis. O eleitor poderá consultar por nome, parte do nome ou CPF quem está na lista de reprovados da corte.

A busca poderá ser feita no Twitter, com o auxílio de um assistente virtual criado para essa finalidade. Os dados também vão estar disponíveis no site do tribunal (www.tcu.gov.br).

O TCU não declara a inelegibilidade dos administradores, o que cabe à Justiça Eleitoral. Ele apenas apresenta a relação das pessoas físicas atingidas pelas restrições legais.

É considerado inapto a concorrer quem tem as contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas “rejeitadas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa e por decisão irrecorrível do órgão competente”.

A inelegibilidade vale para eleições que ocorrerem nos oito anos seguintes à decisão que reprovou as contas.

Presidente do?PDT diz que, agora, só resta aguardar socialistas

Presidente do?PDT diz que, agora, só resta aguardar socialistasFoto: Raniery Soares/Folhapress

presidente do PDT, Carlos Lupi, afirmou, nessa quarta (25), que já fez tudo que tinha de fazer para atrair o apoio do PSB para a candidatura presidencial do ex-governador Ciro Gomes (PDT). O partido é visto como catalisador das alianças que Ciro espera no campo da esquerda, podendo trazer consigo, para o palanque pedetista, o PCdoB.

Diante da perda do apoio do centrão, que decidiu marchar com Geraldo Alckmin (PSDB), Ciro ficou mais dependente dos apoios no campo da esquerda e, já na última sexta (20), quando formalizou seu nome na corrida presidencial, em convenção, fez gestos ao PSB, PT e PCdoB. Na ocasião, o pedetista só apresentou seu próprio nome, estando aberto o cargo de vice.

Leia também:
PSB adia novamente definição sobre disputa eleitoral
Paulo Câmara: ‘O PT ainda não é uma certeza’

Contudo, nessa quarta, o PSB decidiu deixar para próximo à convenção do partido, no dia 5 de agosto, a decisão sobre qual rumo tomar na eleição, escolhendo entre apoiar Ciro, o candidato do PT ou liberar os estados. “Estamos aguardando a decisão do PSB. Tudo que a gente podia fazer, tudo de gestos de apoio, a gente já fez. A decisão, agora, é deles. Vamos respeitar a decisão do PSB”, alegou Lupi, em entrevista à Folha de Pernambuco.

Entre os 11 estados onde o PSB tem candidatura própria ao governo, o PDT sinalizou apoio nos principais colégios eleitorais, como São Paulo (Márcio França), Pernambuco (Paulo Câmara), Minas Gerais (Márcio Lacerda) e Distrito Federal (Rodrigo Rollemberg). Os socialistas, que tinham tendência a se aliar com Ciro, adiaram a decisão, ressuscitando, inclusive, a tese de lançar o ex-ministro Joaquim Barbosa.

Coletiva de apresentação do tema do Galo da Madrugada 2019

Coletiva de apresentação do tema do Galo da Madrugada 2019Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O 42º desfile do Galo da Madrugada, que será realizado em 2 de fevereiro de 2019, terá como tema “Frevo Mulher“. A agremiação é reconhecida pelo Livro dos Recordes como o maior bloco de Carnaval de rua do mundo e deve continuar atraindo milhões de foliões no próximo ano.

O tema é inspirado pelo clássico Frevo Mulher, composto por Zé Ramalho e cantado por Amelinha [ouça abaixo]. O tema vai homenagear, reconhecer e agradecer as mulheres que fizeram e fazem parte da história do bloco.

“A quantidade de mulheres envolvidas é muito maior que a quantidade de homens. É importante homenagear quem é a alma do bloco e quem também nos dá esse apoio incondicional”, disse o diretor de Marketing do Galo da Madrugada, Guilherme Menezes.

“Nós, mulheres, estamos muito felizes. Será o desfile mais lindo e mais poderoso já feito. Nossa luta continua. Vamos botar o bloco na rua!”, exclamou a cantora Nádia Maia, que desfila nos trios do bloco há sete anos.

Eduardo Cunha

                              Eduardo Cunha Foto: Reprodução/ Facebook

A defesa do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha entrou nesta quarta (25) com dois pedidos de habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF). O caso deverá ser analisado pelo vice-presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, em função do período de recesso no tribunal.

Ex-deputado pelo MDB do Rio de Janeiro, Eduardo Cunha está preso desde outubro de 2016 pelas investigações das operações Sépsis e Lava Jato, da Polícia Federal (PF). No pedido de liberdade, os advogados alegam que Cunha sofre “constrangimento ilegal” ao ser mantido preso por tanto tempo.

Leia também:
Presidente do STJ mantém prisão de Eduardo Cunha

Segundo os defensores do ex-deputado, não há motivos para manutenção da prisão tanto no processo no qual Cunha teve a prisão decretada em função da delação do empresário Joesley Batista quanto na ação penal na qual foi condenado a 24 anos de prisão, em processo envolvendo o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS).

“A situação jurídica do ora paciente, em expressão franca e justa, é vergonhosa”, argumentou a defesa.

No mês passado, Cunha foi sentenciado pela Justiça Federal em Brasília no processo que apurou pagamento de propina de empresas interessadas na liberação de verbas do Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS).

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

               O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Foto: Miguel Schincariol/AFP

O vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, rejeitou nesta quarta-feira (25) um habeas corpus protocolado por um advogado em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O pedido não foi feito pela defesa de Lula.

Ao analisar o habeas corpusToffoli entendeu que o pedido de liberdade não se enquadra nas hipóteses de urgência para ser analisado durante o plantão do recesso de julho na Corte. Além disso, o ministro enviou o pedido para relator dos processos da Operação Lava Jato no tribunal, Edson Fachin.

“O caso não se enquadra na previsão do art. 13, inciso VIII, do Regimento Interno deste Supremo Tribunal, em especial ante a possibilidade de incidência do entendimento da Corte segundo o qual é inadmissível o habeas corpus que se volta contra decisão monocrática do relator da causa no Superior Tribunal de Justiça não submetida ao crivo do colegiado por intermédio do agravo interno, por falta de exaurimento da instância antecedente”, justificou o ministro, em sua decisão.

Leia também:
Lula só terá chance de sair da cadeia se assumirmos o poder, diz Ciro
Ministro do STJ nega pedido para Lula dar entrevistas na prisão

Toffoli está interinamente na presidência da Corte porque a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, está ocupando a Presidência da República em função da viagem do presidente Michel Temer à Africa do Sul.

Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex em Guarujá (SP) e teve a pena executada pelo juiz federal Sergio Moro após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça, conforme definiu o STF. Ele está preso na superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba.

Presas

                                    Presas Foto: Arquivo/Agência Brasil

Decreto 9.450, que institui a Política Nacional de Trabalho no Âmbito do Sistema Prisional, está publicado na edição desta quarta-feira (25) do Diário Oficial da União. A política tem medidas para dar oportunidades de trabalho a presos e ex-detentos. O texto foi assinado na terça-feira (24) pela presidente da República interina, Cármen Lúcia.

A medida vale para contratação de serviços pela União, inclusive os de engenharia, com valor anual acima de R$ 330 mil. Os presos provisórios, em regime fechadosemiaberto e aberto estão incluídos na política. Além disso, os egressos – aqueles que já cumpriram pena e foram postos em liberdade – também podem ser contratados dentro da cota.

Para ter o direito de participar da iniciativa, os detentos devem ser autorizados pelo juiz de Execução Penal; ter cumprido, no mínimo, um sexto da pena; e comprovar aptidão, disciplina e responsabilidade. Os serviços previstos no decreto não incluem o emprego de presos ou egressos no canteiro de obras, apenas em serviços adjacentes à obra, como limpeza ou vigilância.

Leia também:
Projeto que obriga preso a pagar suas despesas na prisão avança no Senado

Deverão ser reservados aos presos ou egressos 3% das vagas quando o contrato demandar 200 funcionários ou menos; 4% das vagas, no caso de 201 a 500 funcionários; 5% das vagas, no caso de 501 a 1.000 funcionários; e 6% quando o contrato exigir a contratação de mais de 1.000 funcionários.

Idosos

                                               Idosos Foto: Pixabay

Enquanto a projeção no número de jovens deve cair deste ano para 2060, a quantidade da população idosa deve crescer. Segundo a projeção divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o percentual da população com 65 anos ou mais vai alcançar 25,5% (equivalente a 58,2 milhões de idosos). Hoje, esse número é de 9,2% (referente a 19,2 milhões). E Pernambuco segue a mesma tendência da média nacional. O Estado apresenta atualmente 8,6% idosos (820 mil) e, em 2060, esse percentual salta para 25% (2,5 milhões). Diante da projeção, o País precisa reajustar gastos com saúde e aposentadoria para ser possível equilibrar a pirâmide etária do futuro.

De acordo com o demógrafo do IBGE, Marcio Minamiguchi, o envelhecimento da população brasileira é um fato irreversível no futuro. “A tendência é de um nível de fecundidade abaixo do nível de reposição. O levantamento aponta que no Brasil cada mulher tem 1,77 filhos hoje. Em 2060 esse número cai para 1,66. O Nordeste era uma região que tinha uma alta taxa de fecundidade comparada ao Sul e Sudeste. Atualmente, essa taxa é equiparada”, explicou Minamiguchi. Em Pernambuco, a taxa de fecundidade hoje é de 1,76 filhos por mulher e, em 2060, deve cair para 1,64.

Leia também:
Brasil deverá ter mais idosos do que crianças em 2039, diz IBGE

Nesse contexto, apesar de a população brasileira não crescer muito (hoje são 208,5 milhões de pessoas e deve chegar em 228,3 milhões em 2060), o retrato do País vai modificar. “Será um crescimento moderado da população, mas a sua característica vai mudar drasticamente, principalmente em sua distribuição etária com a redução na quantidade de crianças”, informou o demógrafo. Hoje, para cada 100 crianças em Pernambuco são 37,89 idosos. Já em 2060, para cada 100 crianças no Estado serão 171,23 idosos. E o nível nacional seguirá a mesma tendência. “Vai ser mais comum encontrar mais idosos do que crianças”, complementou Minamiguchi.

E os recém-nascidos vão alcançar idades ainda maiores no Brasil e em Pernambuco. Nesse último, hoje a idade chega em 74,6 anos. Já em 2060, a idade chegará em 79,8 anos. E com muitos idosos no futuro, é preciso o Brasil planejar os custos para se tornar um País equilibrado. De acordo com o secretário da Previdência Social, Marcelo Caetano, devido ao envelhecimento projetado há uma urgência na pauta da reforma da previdência. “Se a reforma for aprovada, haverá uma transição justa para se alcançar a aposentadoria. A idade mínima para se aposentar começaria com 55 anos para homem e 52 anos para mulher. Apenas daqui a 20 anos começaria a valer a idade mínima de 65 anos para homem e 65 anos para mulher”, explicou Caetano.

Por sua vez, o especialista em direito previdenciário, Almir Reis, defende a necessidade de uma reforma, mas com alguns pontos diferenciados. “É preciso respeitar o direito adquirido de quem trabalhou uma vida toda para se aposentar, o que a reforma proposta não prioriza”, comentou. Hoje, a reforma está suspensa devido à intervenção federal no estado do Rio de Janeiro.

Em busca dessa aposentadoria segura no futuro, jovens estão buscando ter uma vida profissional durante muitos anos, como é o caso do analista Jhonata de Barros, de 22 anos. “Pretendo trabalhar durante muitos anos e enxergo a necessidade de uma aposentadoria justa. Estou com a projeção de fazer uma previdência privada para conseguir usufruir no futuro”, explicou o jovem. O analista de computação de 33 anos, Augusto Guimarães, também pensa em um modelo sustentável. “Trabalho de carteira assinada contribuindo para previdência social. No futuro, quero poder utilizar com segurança”, destacou o jovem.

Para o especialista em direito da saúde, Elano Figueiredo, é preciso trabalhar uma política de prevenção e promoção da saúdepara as pessoas que vão ser maioria na população brasileira. “Se conseguirmos chegar em 2060 com idosos saudáveis e ativos, inclusive mentalmente fortes, teremos um custo assistencial menor e mais previsível”, explicou o especialista, ao complementar que é importante rever o Estatuto do Idoso e subsidiar o acesso dele à saúde.

Mulheres
O levantamento também apontou que a idade média em que as mulheres vão ter filhos será maior. No Brasil, hoje, as mulheres têm filhos com 27,15 anos. Em 206, será com 28,81 anos. “Isso é influenciado pelo acesso à escolaridade e a inserção no mercado de trabalho, o que melhora as condições de vida”, explicou Minamiguchi.

Sob o titulo Nós Somos o Trânsito. A Semana Nacional do Trânsito acontece dos dias 18 a 25 de setembro, a ação vai contar com blitzes educativas, exposições e palestras para motoristas, pedestres, motociclistas e principalmente crianças. As atividades desenvolvidas durante a semana é uma exigência do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Para tanto o Departamento Estadual de Trânsito, DETRAN-PE, já está preparando uma extensa programação. O evento de maior significado é a “Feira de Educação para o Trânsito”, que vem sendo realizada há 18 anos. Nesse ano acontecerá no dia 20 de setembro e terá lugar no Centro de Convenções de Pernambuco, localizado em Olinda.

Hoje (25) o Diretor Presidente do Departamento Estadual de Trânsito DETRAN-PE, Charles Ribeiro, recebeu em seu gabinete o Secretário de Educação de Paulista, Carlos Ribeiro Júnior, o Secretário de Transporte e Trânsito de Olinda e o Secretário Executivo, respectivamente Jonas Moura Ribeiro e Romolo Goyanna  Lamenha Lins, Secretário de Educação de Itapissuma e Professora amiga do trânsito, respectivamente Jesanias Rodrigues de Lima e Jeoadam Fernandes da Silva, quando assinaram termo de compromisso para participação na feira com foco no público infanto-juvenil visando preparar o condutor do amanhã.

Conforme informou Ribeiro, está previsto a adesão dos municípios do Recife, Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho, ele disse ainda que as prefeituras que tiverem interesse na participação de seus alunos na feira, devem procurar a coordenadoria de educação para o trânsito.

Uma vez que uma das prioridades do DETRAN é reduzir os acidentes no Estado. Para isso estamos trabalhando fortemente com o objetivo de educar para o trânsito “não  queremos só multar e apreender veículos e carteiras, queremos salvar vidas” concluiu Ribeiro.