Dezoito voos domésticos foram cancelados, nesta quarta-feira (24), no Aeroporto Internacional do Recife, na Zona Sul da capital pernambucana, por conta da greve dos caminhoneiros. Ao todo, foram oito voos da Azul, seis da TAM e quatro da GOL.

Em um comunicado oficial publicado no site, a Azul informou que a manifestação impede o fornecimento de combustível para os aeroportos e, consequentemente, o abastecimento de aeronaves. A companhia disse que disponibiliza a remarcação de bilhetes sem custo para clientes com voos programados até o dia 31 de maio e que desejem optar por datas alternativas à sua programação.

Ainda segundo a Azul, as remarcações devem ser realizadas pela central de atendimento, nos telefones 4003-1118 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800-887-1118 (demais localidades).

A Latam, que já teve seis voos cancelados, informa que a companhia flexibilizará as regras, oferecendo isenção da cobrança de taxa de remarcação e das diferenças tarifárias da passagem para nova data à escolha do cliente e, sem multas, em voos domésticos com partidas, chegadas ou conexões programadas para o Recife nesta quinta.

De acordo com a Latam, os passageiros podem entrar em contato com a Central de Vendas, Informações, Fidelidade e Serviços (4002-5700 nas capitais ou 0300-570- 5700 nas demais localidades do Brasil) ou procurar uma loja da companhia. A GOL ainda não se posicionou oficialmente pelo site.

Deixe uma resposta