Estação de BRT no Derby

                       Estação de BRT no DerbyFoto: Reprodução/Internet

Um pedreiro de 39 anos foi flagrado ejaculando em uma mulherdentro de um BRT no bairro do Derby, região central do Recife, nesta segunda (14). A vítima estava no veículo que fazia a linha Camaragibe/Centro, quando percebeu uma movimentação estranha do homem e gritou. Os usuários acionaram policiais militares que faziam rondas no local, que detiveram o suspeito e o encaminharam à Central de Plantões da Capital, no bairro de Campo Grande. O homem assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por importunação ofensiva ao pudor e foi liberado.

vítima, uma enfermeira de 34 anos, estava indo para uma consulta médica no momento em que foi importunada pelo homem. Sem se identificar, ela deu detalhes do que aconteceu dentro do coletivo.

Leia também:
Fotógrafo suspeito de estupros é preso em Olinda 

“Eu já estava me preparando para descer do coletivo, quando olhei para trás e vi o homem com o pênis ereto. E depois ele ejaculou. Ele ainda tentou se esquivar, mas eu vi e outras pessoas que estavam próximas a mim também viram. Foi uma situação horrível que eu não desejo pra ninguém”, diz a vítima em entrevista à Folha de Pernambuco.

A enfermeira também se mostrou indignada com a impunidade, já que o homem foi liberado. “Eu estava indo para uma consulta médica e acabei perdendo por conta disso, e o homem foi liberado. Por isso que as mulheres não denunciam esses casos. A gente se expõe e não dá em nada. A gente ainda tem que provar que está certa. As pessoas dizem que a culpa é da mulher, mas não é”, adiciona.

Em nota, a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) informou que registrou a ocorrência, que já está concluída. O delegado Gilderley Alves Gondim é responsável pelo caso.

No fim do ano passado, a PCPE registrou um caso semelhante. Em setembro, uma operadora de crédito de 27 anos foi vítima de estupro dentro de um ônibus em Camaragibe, no Grande Recife. Na ocasião, a mulher estava grávida de quatro meses. O suspeito negou o crime, mas foi autuado por estupro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *