Um prédio de 24 andares desabou durante um incêndio no Largo do Paissandu, na região da República, Centro de São Paulo, na madrugada desta terça-feira (1). O incêndio começou no 5º andar e se espalhou rapidamente.

O incêndio começou por volta das 1h30. No prédio funcionou uma repartição pública, que já estava desativada. Sem uso, atualmente abrigava uma ocupação irregular. Segundo a Defesa Civil, cerca de 50 famílias viviam no local.

O coronel Max Mena, do Corpo de Bombeiros, contou que o homem que caiu quando o prédio desabou já estava com equipamento de segurança. Ele não foi mais localizado. Os bombeiros chegaram a dizer que ainda que havia possibilidade de que três pessoas estivessem desaparecidas, mas não foi divulgado um balanço oficial.

Durante a madrugada, os bombeiros chegaram a afirmar que o homem que caiu era considerado morto, mas pela manhã esclareceram que buscas serão feitas. “A experiência diz não é fácil encontrar alguém com vida”, comentou o capitão Marcos Palumbo, porta-voz do Corpo de Bombeiros em São Paulo.

O Corpo de Bombeiros faz um mapeamento da área para iniciar a retirada dos escombros. Segundo o tenente André Elias, o segundo prédio atingido pelo fogo não corre risco de desabamento e todos os moradores já foram retirados do local.

Deixe uma resposta